Infectologista analisa a ‘onda antivacinação’ no Ponto a Ponto

Com a onda de fake news relacionada à antivacinação circulando no Brasil, a jornalista Mônica Bergamo e o sociólogo Antonio Lavareda conversaram com o infectologista Jean Groinchteyn no Ponto a Ponto. 

O Ministério da Saúde atualizou, na última terça (17), o número de casos de sarampo no País. Foram confirmados 677 casos em seis estados: Rondônia, São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Amazonas e Roraima, esses dois últimos lideram com maior número de infecções. No Brasil, a vacina é obrigatória segundo o decreto federal 78.231 de 12 de agosto de 1976.

De acordo com pesquisa da Ipsos em 38 países, com mais de 29 mil amostras, mostrou que, no Brasil, 54% do público entrevistado acha que é falsa a afirmação de que algumas vacinas causam autismo em crianças saudáveis; No Chile, Nova Zelândia e Espanha, o número é de 53% e, na Argentina, 62% acham que é boato.

Veja:

Leia mais:

Rejeição recorde de presidenciáveis abre caminho para vale-tudo na campanha

Eleição entra julho com incerteza alta

Educação, segurança e crise econômica em pauta no Ponto a Ponto

Diretora do Centro de Estudos da Metrópole e professora de Ciência Política da USP, Marta Arretche, é a convidada do Ponto a Ponto, que traz o tema "Brasil, injusto e desigual". A entrevista foi ao ar no último sábado (9), na BandNewsTV. A Antonio Lavareda e Mônica Bergamo, apresentadores da atração, Marta Arretche conta que o aumento da taxa de violência está diretamente ligado à extrema pobreza. "No País, o mundo do crime organizado, que tem altas taxas de violência, oferece oportunidades mais rentáveis e rápidas do que o mundo do trabalho. Combate o desemprego com mais eficácia."

Assista na íntegra:

Leia mais:

Pela primeira na TV, Elsinho Mouco avalia os dois anos de governo  

“Brasil: Pobreza e Desigualdade” é tema do Ponto a Ponto

Pela primeira na TV, Elsinho Mouco avalia os dois anos de governo  

Em meio à greve dos caminhoneiros, o publicitário de Temer e do MDB, Elsinho Mouco, foi sabatinado pela primeira vez na TV por Mônica Bergamo e Antonio Lavareda. O tema do Ponto a Ponto é "A propaganda de Temer" e foi ao ar no último sábado (26), à 0h, no Ponto a Ponto/BandNewsTV.

Entre os assuntos abordados, a dificuldade de marquetear um governo impopular (71% dos brasileiros reprovam o governo Temer, segundo a última pesquisa da CNT/MDA); as reações dentro do Planalto no 17 de maio do ano passado, dia em que Joesley Batista delatou o governo; o peso das redes sociais nas Eleições 2018; o potencial do pré-candidato Henrique Meirelles e as chances de Jair Bolsonaro chegar à Presidência.

Veja aqui:

Leia mais:

96% dos brasileiros sentem orgulho da vocação do Brasil para o agronegócio

Antonio Lavareda sobre ex-presidente Lula: “Potencial de transferência de votos irá se reduzir”

96% dos brasileiros sentem orgulho da vocação do Brasil para o agronegócio

O ex-ministro da Agricultura do governo Lula (entre 2002 e 2006), Roberto Rodrigues, foi o convidado do Ponto a Ponto do último sábado (5), com entrevista comandada pela jornalista Mônica Bergamo e pelo sociólogo Antonio Lavareda. O tema é “Brasil: celeiro do mundo?”.

De acordo com pesquisa realizada pela Plant Project-JH em parceria com a B2F-Briedge Research, em outubro do ano passado, em todas as regiões do País, 96% dos brasileiros disseram que sentem orgulho caso o País assumisse internacionalmente sua vocação para o Agronegócio e apenas 4% responderam que seria vergonhoso esse título para o Brasil.

Segundo o Governo Federal, em 2017, foi registrado um superávit, que é o resultado positivo a partir da diferença entre a receita e a despesa, de US$ 81,86 bilhões no setor do Agronegócio. O resultado foi o segundo maior da história, ficando atrás apenas do ano de 2013, quando foi anotado um superávit de US$ 82,91 bilhões.

Assista aqui:

Leia mais:

Folha e Cebrap promovem debate sobre internet e eleições

Futuro econômico do Brasil em pauta no Ponto a Ponto

“Brasil: Pobreza e Desigualdade” é tema do Ponto a Ponto

Mudanças sociais, com melhoria da saúde, educação, segurança e desigualdade social. São essas as expectativas de 44% dos entrevistados em pesquisa divulgada este ano pela CNI-Ibope, quando perguntados sobre o foco do futuro presidente do Brasil. O convidado da jornalista Mônica Bergamo e do sociólogo Antonio Lavareda foi o professor do Insper, o economista Sérgio Pinheiro Firpo, para falar do assunto no sábado (19).

Em outra pesquisa do Datafolha, divulgada mês passado, 21% dos entrevistados responderam que a corrupção é o principal problema do País. Logo atrás, vem a saúde (19%); desemprego, violência e segurança (13%); educação (10%); desigualdade social (2%).

Veja:

Leia mais:

“20 minutos” é destaque no Jornal do Commercio

Antonio Lavareda entrevista a cientista política Nara Pavão no “20 minutos”; veja no JC do domingo

Ponto a Ponto discute os desafios dos presidenciáveis na Educação 

O investimento em educação caiu quase 70% nos últimos cinco anos, de acordo com pesquisa do Todos pela Educação, organização sem fins lucrativos formada por diversos setores da sociedade.  Apesar da pouca atenção direcionada à educação, o governo federal quer colocar em prática, a partir do ano que vem, a Base Nacional Comum Curricular, que vai implantar o mesmo currículo para as escolas públicas e particulares de todo o Brasil para igualar a educação básica. 

Para discutir o assunto, o Ponto a Ponto, apresentado por Mônica Bergamo e Antonio Lavareda, trouxe a presidente do Todos pela Educação, Priscila Cruz, no último sábado (12). 

Segundo pesquisa com 2 mil pessoas, realizada pela CNI-Ibope, em setembro de 2017, 77% dos entrevistados imputam a violência à baixa qualidade da educação; já 60%, concordam que o problema está diretamente ligado à corrupção.

Veja a entrevista:

 

Leia mais:

20 Minutos: Ronnie Duarte defende papel da advocacia na Lava Jato

Assista ao Ponto a Ponto com André Perfeito

“Lula pode ser solto?” é tema do Ponto a Ponto

O professor de Direito Penal da Faculdade Getúlio Vargas (FGV) Davi Tangerino foi o entrevistado do Ponto a Ponto do último sábado (14). A conversa, conduzida pela jornalista Mônica Bergamo e o sociólogo Antonio Lavareda, traz assuntos ligados à prisão do ex-presidente Lula, como o foro privilegiado, a confiança nas instituições, a Lava Jato e a mídia.

De acordo com pesquisa do Datafolha (realizada em abril de 2017, com 2.781 respondentes), 70% dos entrevistados dizem que o foro especial por prerrogativa de função, conhecido coloquialmente por foro privilegiado, deveria deixar de existir no País. Já 24% concordam que o mecanismo jurídico usado para julgar pessoas de cargos superiores das esferas municipal, estadual e federal deve continuar em prática no Brasil e 6% não souberam responder.
Assista:

 

Leia mais:

Leandro Karnal no último Ponto a Ponto do ano

Lavareda entrevista educadora sexual no Ponto a Ponto